Fruto da época

01 julho 2015














As melhores ameixas do mundo são as que o meu pai colhe para mim.
Ao longo dos anos tenho guardado muito do que o meu pai tem colhido para mim e há de tudo, aqui.

Vou ao S. João e volto já!

21 junho 2015



Nas vésperas de S. João já há arraial nas ruas e ensaiam-se os fogareiros e a Sangria.
Aqui por casa o jantar, ao fim do dia, foi na varanda.
Um prato dos mais simples, não requer receita, nem exige trabalho, o segredo está nos ingredientes e esses são do mais básico e melhor que há, todos daqui. A melhor broa que já comi, feita num café aqui na rua, alface cultivada pelo meu pai e sardinhas enlatadas compradas na Mercearia, duma marca nacional que não é rotulada como gourmet, mas que não precisa.
Enquanto não chega a noite de S. João, um jantar assim já é uma festa.

Desafiar os dias

13 junho 2015



Podia ser a vida por um fio, pareceria demasiado dramático, mas tem dias que o são, assim dramáticos em que sentimos a vida por um fio.

Desafios do dia a dia, o maior deles, viver melhor.
Trabalhar para um projecto de vida, um projecto teu, duma vida que não é senão tua.
Defender tudo aquilo em que te metes, porque é nisso que acreditas e se preciso for, dar a vida.