15 Fevereiro 2013

Relíquias dos outros





No último Workshop de Iniciação ao crochet, no Avesso, as participantes exibiram orgulhosas trabalhos das mães e das avós há muito guardados em arcas e gavetas, agora resgatados e mais do que nunca valorizados. 
Pegas onde o reaproveitamento dos tecidos é levado ao esmero, pedacinhos de flanela são cerzidos de modo a fazer render o pano. Crochet feito com linha de coser e impossível até agora de decifrar o modus operandi. Uma colcha da avó da Alcina que foi buscar inspiração a uma revista, mas que adaptou com uma estopa velha que tinha por casa e bordou da cor do crochet, tendo resultado muito mais bonita do que a original. Uma renda com minuciosas e aplicações de viés. 
Todas são unânimes na certeza de que há que preservar estas relíquias, durante anos por elas desprezadas, vítimas de algum preconceito, mas para as quais estão agora despertas e empenhadas em recuperar, senão os conhecimentos perdidos, pelo menos as memórias e histórias que carregam estas peças feitas por mãos cheias de saber fazer.
...
Um aparte curto em palavras, para agradecer todas as palavras, muitas... que me encheram o coração tornando estes últimos dias, muito menos maus. Obrigada.

4 comentários:

  1. Se eu estivesse mais perto convidava-te a visitar as minhas relíquias das bisavós avós e mãe.

    Mas é Fantástico voltar a ver que se está a revalorizar cada vez mais estes trabalhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E eu gostaria muito de as ver! ; )

      Eliminar
  2. preciosidades, gosto muito de ver estes trabalhos. Continuação de tudo de bom!

    ResponderEliminar