Impasse

21 junho 2012


Mais uma vez, sinto-me de mãos atadas, num impasse perante tantas dúvidas (forra-se uma toalha? vale a pena dedicar horas a pespontar à mão o que vai estar sujeito a nódoas e consequentes lavagens?) e indecisões. 

Tivesse eu tempo disponível e seria uma aluna aplicada em qualquer workshop da matéria, professoras à altura não faltam!
Se num outro post as ajudas, mais que preciosas, apareceram, oferecendo-se para me resolver problemas estéticos no que toca ao meu blogue, neste momento, rendida que estou à minha ignorância e sem vislumbres de tão cedo poder colmatar tantas falhas, aceito sugestões, conselhos, ideias, lições, tudo é bem-vindo desde que me faça avançar! 

9 comentários :

  1. Antes de mais, esse trabalho está muito, muito bonito. Também não sou especialista, comecei no patchwork há bem pouco tempo. Se fosse um trabalho meu eu forrava. Não colocava enchimento como numa colcha, mas usava um tecido liso, barato e fácil de lavar para "esconder" e proteger as costuras. Coses as duas partes com o direito para dentro deixando uma abertura, viras e passas um ponto na máquina a toda a volta. É só uma ideia que te vai permitir rapidamente ter essa toalha maravilhosa na mesa. A questão do pesponto, acho que fica mesmo ao teu critério, talvez possas fazer algumas linhas direitas na máquina, só para prender o topo à parte de baixo. Um beijinho e bom trabalho (fico a aguardar o resultado final!)

    ResponderEliminar
  2. Olá Alexandra! Está muito lindo mesmo! Vale a pena garantir que não se desmanche nas lavagens, colocando um forro. E para resistir ao dia a dia, pespontos a máquina ao menos no contorno dos quadrados. Um grande abraço!

    ResponderEliminar
  3. Oi!
    Eu tenho a certeza que vale a pena forrar ou vai desmanchar-se depressa. Eu comprava um pano cru e fazia as costas sem enchimento. um pesponto largo à maquina acho que ficava bem só para dar solidez...
    E mais importante que tudo: está linda!!!

    ResponderEliminar
  4. Sinceramente, acho uma pena fazer deste patchwork uma toalha mas tenho em casa um patchwork que também serve de toalha (feito pela minha mãe) e não está forrado nem tão pouco tem um tecido no verso para proteger as costuras. Tenho-a há mais de 10 anos e está impecável! Tenho uma foto aqui http://www.flickr.com/photos/xuxudidi/4292862524/in/set-72157606945118336

    ResponderEliminar
  5. A mim também me custa imaginar um patchwork desses na mesa (talvez por TODAS as minhas toalhas terem nódoas), mas não tenho dúvidas que, bonito como está, fica bem em qualquer sítio.
    Eu também optaria por pespontá-lo à maquina com um tecido na parte de trás e um debrum a toda a volta.

    ResponderEliminar
  6. Très joli patchwork, bravo!

    ResponderEliminar