16 maio 2011

Manta ou mantinha 



Com tecidos novos, outros nem tanto e alguns reciclados, aventuro-me numa manta pequenina, quando se tem tantas coisas em mãos e se teima em não deixar nenhuma para trás, porque se gosta delas todas, não há tempo para aventuras maiores.
Um lanche de pipocas e bolachas que a M escolheu, mas a mãe aPROVOU!
Matar saudades das horas que passamos juntas, eu, ela e a Ângela, das aventuras diárias, dos diálogos divertidos, das divagações surrealistas e dos conflitos com os irmãos bacocos, das amigas fúteis e dos amigos para a vida.
Longe vão os tempos da Anaconda! E da primeira manta, assim com quadradinhos, cheia de pontos feitos à mão, azul da cor dos olhos, que fiz para ela!

5 comentários :

  1. olha olha que linda mantinha ! :-)

    ResponderEliminar
  2. Bela manta, quero vê-la acabadinha:)

    ResponderEliminar
  3. Obrigada Diane, espero ter tempo para a dar como pronta em breve! :-)

    ResponderEliminar
  4. Sim, uma linda manta! Muito fresquinha. E com tecidos que contam histórias - as minhas preferidas :)

    ResponderEliminar
  5. A ideia da manta de retalhos é mesmo essa, para mim só assim fazem sentido! Obrigada. :-)

    ResponderEliminar