A pasta e os desenhos

01 julho 2011





Na idade que ela agora tem, esta era a minha pasta preferida, em plástico, com um fechinho metálico que depressa se estragou. Nela guardei de tudo, desenhos, cadernetas de cromos, bilhetinhos com segredos, preciosidades.

Chegaram as férias, tempo para se fazer apenas o que se gosta, quando se tem doze anos e quase nenhuma noção do tempo...

Dela esperam-se desenhos novos e muitas páginas cheias de histórias para contar e outras não, as que ficarão em segredo, guardadas numa das muitas pastas da memória.

6 comentários :

  1. tinha que ser uma pasta à altura para guardar tamanhos tesouros. o traço dela é tão puro e tão dela :-)

    ResponderEliminar
  2. these are great illustrations!

    ResponderEliminar
  3. Que belos desenhos!!!

    ResponderEliminar
  4. I love the way the when the page turns, the drawing is in reverse. sometimes when that happens with my drawings in my notebook I prefer the back of the drawing.

    ResponderEliminar